Funionário é atingido por peça de aço e morre. E eu com isso?

Hoje, assim que abri o perfil da Rede do Facebook, deparei-me com a seguinte notícia: “Funcionário da Vale é atingido por peça de aço e morre em Vitória, ES“. No mesmo momento, eu me lembrei de que o calendário de datas comemorativas do IBGE (o qual eu acesso quase diariamente por motivo de trabalho) informava que o dia 27 de julho é o Dia Nacional de Prevenção de Acidentes de Trabalho. Achei a situação tão irônica quanto trágica e, acima de tudo, sei que não foi por acaso.

Comecei a refletir na brevidade da vida e nas ironias cotidianas. Por exemplo, já aconteceu de eu me esforçar muito para não perder o ônibus, almoçar bem rápido, correr para alcançar o motorista, mas acabar chegando atrasada. Como saber se isso me livrou de um acidente terrível? Nunca saberei. Se aquele homem tivesse faltado o trabalho porque estava enfermo? Se ele tivesse se atrasado apenas cinco segundos para chegar àquele local? Uma mudança repentina de rumo, um objeto que esqueceu em casa e teve que voltar, um encontro casual com alguém na rua.

 Nós não conhecemos o futuro e tampouco sabemos quando será a vinda de Cristo. Sempre ouvi dizer que “Cristo pode voltar a qualquer momento pra você”. Isso não é bem verdade se interpretarmos ao pé da letra (Cristo virá para nos buscar, todos nós). Mas faz todo sentido se pensarmos que: o momento de escolhermos Deus é enquanto estamos vivos, após isso só nos resta aguardar o julgamento.

E, pensando nisso, veio-me a memória o seguinte versículo (do qual gosto muito, inclusive): “Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal.” (Mateus 6:34).

Que seja assim a nossa vida: não nos preocupando com o que pode acontecer, com o dia que Cristo virá ou quando iremos morrer. Mas permanecendo fiel a cada dia, carregando nossa cruz como Cristo nos pede: dia a dia (Lc 9.23), com humildade e amor. Porque, assim sendo, hoje ou daqui a 100 anos, quando nosso Noivo vier nos buscar, estaremos preparados para ir à Nova Jerusalém.

Isabella Mariano
A estudante de Jornalismo escreve a coluna “E eu com isso?” que analisa alguma notícia da semana sob a ótica cristã. Os textos são publicados todas as quintas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s